All Tweets
Previous:
Next:

3.37 Com a Confirmação, o Espírito Santo desce sobre nós pela segunda vez?

Os sacramentos

No momento do Batismo, uma pessoa é "nascida" como cristã. Ele ou ela recebe imediatamente o Espírito Santo. Antes da confirmação, as pessoas que foram batizadas como crianças podem renovar as promessas que seus pais fizeram em seu nome no batismo.

Uma pessoa que é batizada como um adulto é geralmente confirmada imediatamente após o batismo. O sacramento da confirmação confirma e ratifica a presença do Espírito Santo.

> Leia mais no livro

A Confirmação reforça o dom do Espírito Santo, recebido no Batismo. Junto àIgreja, os Católicos confirmados testemunham o amor de Deus.

A Sabedoria da Igreja

Por que se chama Crisma ou Confirmação?

Chama-se Crisma (nas Igrejas Orientais: Crismação com o Santo Myron) por causa do rito essencial que é a unção. Chama-se Confirmação, porque confirma e reforça a graça batismal. [CCIC 266]

Qual o rito essencial da Confirmação?

O rito essencial da Confirmação é a unção com o santo crisma (óleo misturado com bálsamo, consagrado pelo Bispo), feita com a imposição da mão por parte do ministro que pronuncia as palavras sacramentais próprias do rito. No Ocidente, tal unção é feita sobre a fronte do batizado com as palavras: “Recebe por este sinal, o Espírito Santo, o Dom de Deus”. Nas Igrejas Orientais de rito bizantino, a unção faz-se também noutras partes do corpo, com a fórmula: “Selo do dom do Espírito Santo”. [CCIC 267]

O que é a Confirmação?

A Confirmação é o sacramento que completa o Batismo e pelo qual recebemos o dom do Espírito Santo. Quem se decide livremente por uma vida como filho de Deus e pede o Espírito de Deus, sob o sinal da imposição das mãos e da unção com o crisma, obtém a força para testemunhar o amor e o poder de Deus com palavras e atos. Ele é agora um membro legítimo e responsável da Igreja Católica.

Quando um treinador manda um jogador de futebol para o campo, põe-lhe a mão sobre o ombro e dá-lhe as últimas instruções. Assim também se pode compreender a Confirmação. É nos posta a mão, entramos no campo da vida. Pelo Espírito Santo sabemos o que temos a fazer; ele motivou-nos até a ponta dos cabelos; o seu envio ressona-nos no ouvido; sentimos a sua ajuda; não frustraremos a sua confiança e decidiremos o jogo por ele; agora, é só ter vontade e escutá-lo. [Youcat 203]

O que diz a Sagrada Escritura sobre o sacramento da Confirmação?

Já no Antigo Testamento o Povo de Deus esperava a difusão do Espírito Santo sobre o Messias. Jesus viveu a vida num especial Espírito de amor e de perfeita união com seu Pai do Céu. Este Espírito de Jesus era o "Espírito Santo" que o Povo de Israel almejava; e era o mesmo Espírito que Jesus prometera aos seus discípulos, o mesmo Espírito que desceu sobre os discípulos no dia de Pentecostes, cinquenta dias depois da Páscoa. E é novamente Este Espírito Santo de Jesus que vem sobre cada pessoa que recebe o Sacramento da Confirmação.

Logo nos Atos dos Apóstolos, escrito poucas décadas após a morte de Jesus, vemos São Pedro e São João numa "viagem de confirmação": ambos impuseram as mãos sobre os novos cristãos, que antes "tinham sido apenas batizados no nome do Senhor Jesus", para que o coração destes ficassem cheios do Espírito Santo. [Youcat 204]

O que acontece na Confirmação?

Na Confirmação é marcado na alma de um cristão batizado um selo indelével e eterno, que só se pode receber uma vez. O dom do Espírito Santo é a força do alto em que esse cristão realiza a graça do seu Batismo ao longo da vida, como "testemunha" de Cristo.

Ser confirmado significa fazer um acordo com Deus. O confirmado diz: sim, eu creio em ti meu Deus; dá-me o teu Espírito Santo, para que eu te pertença totalmente, nunca me separe de ti e te testemunhe com o corpo e com a alma, durante toda a minha vida, em obras e palavras, em bons e maus dias! E Deus diz: sim, Eu também creio em ti, meu filho, e te darei o meu Espírito e até a mim mesmo; pertencer-te-ei totalmente; nunca me separarei de ti, nesta e na vida eterna; estarei no teu corpo e na tua alma, nas tuas obras e nas tuas palavras; mesmo que me esqueças, estarei sempre aqui, em bons e maus dias. [Youcat 205]

Quem pode ser confirmado e o que é exigido de um candidato à Confirmação?

Pode ser admitido à Confirmação qualquer cristão católico que tenha recebido o sacramento do Batismo e esteja em "estado de graça.

Estar em "estado de graça" significa não ter cometido nenhum pecado grave (pecado mortal). Mediante um pecado grave separamo-nos de Deus e só nos podemos reconciliar com wle através da Penitência. Um (jovem) cristão que se prepara para a Confirmação encontra-se numa das mais importantes fases de sua vida. Ele fará tudo para apreender a fé com o seu coração e o seu entendimento: rezará pelo Espírito Santo, só e juntamente com os outros; reconciliar-se-á consigo, com as outras pessoas do seu meio e com Deus, através do sacramento da penitência, que também aproxima de Deus quando se cometem pecados menos graves. [Youcat 206]

Isto é o que dizem os Padres da Igreja

Este unguento sagrado não é mais um simples unguento... mas é o dom da graça de Cristo, e, pelo advento do Espírito Santo, é feito para transmitir a sua natureza divina. O Qual é colocado simbolicamente na testa e nos outros sentidos; e enquanto seu corpo é ungido com o unguento visível, sua alma é santificada pelo Espírito Santo e vivificante. [São Cirilo de Jerusalém, Catequeses, 21, 3 (MG 33, 1089)]