All Tweets
Previous:
Next:
ontvangende handen

3.2 Rezar é o mesmo que falar com Deus?

Oração pessoal

Orar não é falar com Deus, mas construir um relacionamento com ele. Como em qualquer relacionamento, comunicação e amor desempenham um papel importante. Isso vai além de simplesmente dizer a Deus o que você quer para si mesmo ou para os outros. Em algum lugar profundo dentro de nós, todo ser humano anseia pelo amor de Deus e quer conhecê-lo melhor.

Deus espera fervorosamente que você queira amá-lo, assim como ele ama você. Portanto, a oração não é apenas pedir as coisas de Deus e falar com ele, mas também (e especialmente) ouvi-lo. É no silêncio, calma e tranquilidade da oração que você pode ouvi-lo atentamente.

> Leia mais no livro

A oração não é só falar, mas também ouvir. Ela trabalha na tua relação com Deus, que te ama e deseja o teu amor.

A Sabedoria da Igreja

Quais são as diversas formas da oração de petição?

Pode ser um pedido de perdão ou mesmo uma súplica humilde e confiante em relação a todas as nossas necessidades espirituais ou materiais. Mas a primeira realidade a desejar é a vinda do Reino. [CCIC 553]

Por que motivo devemos pedir a Deus?

Deus quer nos conhecer a fundo, sabe de que precisamos. No entanto, Deus quer que “peçamos”: que nas necessidades da nossa vida nos viremos para ele, gritemos por ele, supliquemos, nos lamentemos, o chamemos e até discutamos com ele na oração.

É evidente que Deus, para nos ajudar, não precisa das nossa súplicas. A atitude de pedir deve ser tomada sobretudo por nossa causa, pois quem não pede e não quer pedir fecha-se em si mesmo. Só a pessoa que pede se abre e recorre ao autor de todo o bem. Quem pede regressa à casa de Deus. Portanto, a oração de súplica leva o ser humano à correta relação com Deus, que respeita a nossa liberdade. [Youcat 486]

Isto é o que dizem os Papas

Cristo está à porta do vosso coração (cf. Ap 3,20)... Mas se for para abrir a porta para que Cristo possa brilhar sobre você (cf. Ef. 5,14), deve primeiro ouvir ele batendo. Isso significa que todos os dias você deve escapar do turbilhão de barulho e confusão e, por alguns minutos, ficar em silêncio e calmo ... Mais do que falar, orar é ouvir. O Pai nos diz: "Este é o meu amado Filho, escuta-o" (Mc 9,7). Através da oração, você será iluminado, revigorado e fortalecido para a jornada da vida. [Papa João Paulo II, Aos jovens em Uganda, 6 Fev. 1993]