All Tweets
Previous:
Next:

3.6 Por que razão não há resposta quando rezo?

Oração pessoal

Às vezes pode parecer que Deus não responde quando você reza. Ainda assim, Deus responde a todas as nossas orações, mesmo que ele faça isso à sua maneira. Às vezes não estamos orando do jeito certo, ou pedimos as coisas erradas.

Se nos confiarmos a Deus em tudo, podemos ter certeza de que o resultado de nossas orações se encaixa em seu plano. A oração é principalmente uma expressão do seu relacionamento com Deus. Você pode realmente confiar em Deus e ter certeza de que ele ouve nossas orações.

> Leia mais no livro

Às vezes Deus parece silencioso ou distante. Se tu perseverares na oração e confiares em Deus, ele não te vai decepcionar.

A Sabedoria da Igreja

O que significa termos a experiência de que a oração não resulta?

A oração não procura sucessos evidentes, mas a vontade e a proximidade de Deus. Precisamente no silêncio de Deus encontra-se um convite a dar um passo em frente - uma entrega absoluta, uma fé ilimitada, uma expectativa infinita. Quem ora deve deixar Deus totalmente livre para falar quando ele quer, para realizar o que ele quer, e para se dar como ele quer.

Frequentemente dizemos: orei, mas não ajudou em nada. Provavelmente não oramos com suficiente intensidade. Uma vez, São João Maria Vianney, o santo Cura d’Ars, perguntou a um colega que se queixava do seu insucesso: “Oraste, suspiraste… mas jejuaste também? Fizeste vigília?” Pode igualmente acontecer que tenhamos pedido a Deus as coisas erradas. Certa vez, disse Santa Teresa de Ávila: “Não peças fardos leves, mas umas costas fortes!” [Youcat 507]

Isto é o que dizem os Papas

Peça ao Espírito Santo para que manifeste a sua presença em vossas vidas. Para mim, foi meu pai que, de uma maneira especial, me tornou consciente da atividade do Espírito Santo, precisamente quando eu tinha a vossa idade. Se eu me encontrasse em alguma dificuldade, ele recomendava-me que orasse ao Espírito Santo; e este ensinamento dele me mostrou o caminho que segui até hoje. Eu falo com você sobre isso porque você é jovem, como eu era então. E eu vos falo sobre isso com base em muitos anos de vida, vividos também em tempos difíceis. [Papa João Paulo II, Homilia aos jovens, 26 Abr. 1997]