All Tweets
Previous:
Next:
glas-in-lood raam met afbeelding van de Heilige Geest

2.13 Como posso ter certeza de que a Igreja está a dizer a verdade?

A origem da Igreja

O próprio Jesus instituiu a Igreja, com Pedro e os outros Apóstolos e seus sucessores como seus líderes. Ele chamou a Igreja de “sustentáculo da verdade” (I Tm 3,15)I Tm 3,15 Todavia, se eu tardar, quero que saibas como deves portar-te na casa de Deus, que é a Igreja de Deus vivo, coluna e sustentáculo da verdade.. Para garantir que os apóstolos pudessem transmitir a verdade da fé sem erro, Jesus deu-lhes o Espírito Santo.

Igualmente hoje o Espírito Santo ajuda a Igreja a entender melhor a fé. Portanto, e porque não é apenas uma instituição humana, você pode confiar que a Igreja sempre diz a verdade sobre Deus.

> Leia mais no livro

O Espírito Santo assegura que a Igreja ensina a verdade sobre a Fé, mesmo quando padres e bispos pecam gravemente.

A Sabedoria da Igreja

Porque é que a Igreja é apostólica?

A Igreja é apostólica pela sua origem, sendo construída sobre o “fundamento dos Apóstolos” (Ef 2,20); pelo ensino, que é o mesmo dos Apóstolos; pela sua estrutura, enquanto instruída, santificada e governada, até ao regresso de Cristo, pelos Apóstolos, graças aos seus sucessores, os Bispos em comunhão, com o sucessor de Pedro. [CCIC 174]

Em que sentido a Igreja é santa?

A Igreja é santa, porque Deus Santíssimo é o seu autor; Cristo entregou-se por ela, para a santificar e fazer dela santificadora; e o Espírito Santo vivifica-a com a caridade. Nela se encontra a plenitude dos meios de salvação. A santidade é a vocação de cada um dos seus membros e o fim de cada uma das suas actividades. A Igreja inclui no seu interior a Virgem Maria e inumeráveis Santos, como modelos e intercessores. A santidade da Igreja é a fonte da santificação dos seus filhos, que, aqui, na terra, se reconhecem todos pecadores, sempre necessitados de conversão e de purificação. [CCIC 165]

Isto é o que dizem os Padres da Igreja

A pregação da Igreja é consistente em toda parte, continua em um curso regular e recebe testemunho dos profetas, dos apóstolos e de todos os discípulos... e desse sistema bem fundamentado que tende à salvação do homem, ou seja, nossa fé. [Santo Irineu, Contra Heresias, Vol 3, Cap. 24 (MG 7, 966)]