All Tweets
Previous:
Next:
Hands resting on prison bars

5.13 O sofrimento ou a crise global é um castigo de Deus?

Dios y el desastre

Nos livros do Antigo Testamento da Bíblia você pode ler sobre a ira de Deus, que às vezes parece enviar exércitos para destruir povos inteiros. Muitas vezes, acredita-se que estas passagens falam mais sobre batalhas espirituais contra o mal do que sobre guerras históricas. De qualquer forma, independentemente da interpretação destes textos sombrios do Antigo Testamento, nós temos Jesus, que veio para nos mostrar que a verdadeira face de Deus é a de um pai amável. E um pai verdadeiramente amável nunca submeteria seus filhos a sofrimentos terríveis! Veja o que fez Jesus: ao invés de nos deixar sofrer as consequências dos nossos pecados, Ele ofereceu sua própria vida com grande sofrimento, e assim nossos pecados puderam ser perdoados!

João resumiu: “Deus é amor!” (1 João 4:8). Amor e sofrimento mundial são opostos que não se atraem. Em um dos momentos mais dramáticos de sua vida, durante a Última Ceia, antes de sofrer e morrer na cruz, Jesus disse: “Eis que eu vos dou um novo mandamento: amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei, também vós deveis amar uns aos outros” (João 13:34). Existem muitas demonstrações da existência do mal no mundo. Quando vivemos com Jesus, o sofrimento pode ter um certo sentido, mas o mal não é criado nem desejado por Deus.

Isso não é um castigo de Deus: ele está sofrendo conosco neste momento! Jesus mostrou que Deus é amor e até sofreu em nosso lugar para não termos que sofrer.