All Tweets
Previous:
Next:

3.14 O que devo fazer durante a adoração?

Formas de oração

Durante a adoração, o Anfitrião - que é o Corpo de Jesus - é colocado em um recipiente lindamente decorado (conhecido como "ostensório"). Jesus é assim visível para todos e pode ser adorado. Na terra, não podemos nos aproximar muito mais de Deus.

Você não precisa fazer muito durante a adoração. O poder da adoração reside precisamente em não fazer nada por um período de tempo. No silêncio da adoração, você pode refletir profundamente em Jesus de todo o seu coração. Ao estar com Jesus dessa maneira, mostramos que não podemos viver sem ele.

> Leia mais no livro

Nós adoramos Jesus na Eucaristia, ao estar tranquilamente com ele: ele olha para ti e tu olhas para ele. Tu podes dizer-lhe tudo.

A Sabedoria da Igreja

Que tipo de culto é devido ao sacramento da Eucaristia?

É devido o culto de latria, isto é, de adoração reservado só a Deus, quer durante a celebração eucarística quer fora dela. De fato, a Igreja conserva com a maior diligência as Hóstias consagradas, leva-as aos enfermos e às pessoas impossibilitadas de participar na Santa Missa, apresenta-as à solene adoração dos fiéis, leva-as em procissão e convida à visita frequente e à adoração do Santíssimo Sacramento conservado no tabernáculo. [CCIC 286]

Como devemos venerar corretamente o Senhor presente no pão e vinho?

Porque Deus está realmente presente nas espécies consagradas do pão e do vinho, devemos guardar os dons sagrados com elevada veneração e adorar nosso Senhor e Redentor presente no Santíssimo Sacramento.

Se ainda sobrarem hóstias após a celebração da Sagrada Eucaristia, elas são conservadas no sacrário, em vasos sagrados. Visto que nele está presente o Santíssimo, o Sacrário é um dos lugares mais veneráveis em cada Igreja. Diante do Sacrário fazemos uma genuflexão (isto é, dobramos o joelho direito). Quem realmente segue Cristo reconhece-O certamente nos mais pobres e serve-O neles; além disso, ele encontrará também tempo para permanecer no silêncio da adoração diante do sacrário, oferecendo o seu amor ao Senhor Eucarístico. [Youcat 218]

Isto é o que dizem os Papas

O mistério eucarístico... há-de ser vivido na sua integridade, quer na celebração, quer no colóquio íntimo com Jesus acabado de receber na comunhão, quer no período da adoração eucarística fora da Missa. Então a Igreja fica solidamente edificada, e exprime-se o que ela é verdadeiramente: una, santa, católica e apostólica; povo, templo e família de Deus; corpo e esposa de Cristo, animada pelo Espírito Santo; sacramento universal de salvação e comunhão hierarquicamente organizada. [Papa João Paulo II, Ecclesia de Eucharistia, nº 61]