All Tweets
Previous:
Next:
hostie

3.48 Jesus está, realmente, presente na Eucaristia? O que é a consagração?

A Eucaristia

Durante a missa, pão (anfitriões) e vinho são trazidos ao altar. O sacerdote fala as mesmas palavras que Jesus pronunciou na Última Ceia, quando instituiu a Eucaristia. Este momento da celebração eucarística é chamado de "consagração".

Neste momento, pão e vinho mudam para o corpo e sangue de Jesus. Isso não é apenas simbólico, mas a mudança acontece na realidade. Se você olhar para a Hóstia com os olhos da fé, poderá reconhecer o Corpo e o Sangue de Jesus no que inicialmente parece ser pão e vinho. No aplicativo #TwGOD, você encontrará as palavras de consagração e os outros textos padrão da Missa em vários idiomas.

> Leia mais no livro

Através das palavras da Consagração, o pão e o vinho são transformados no Corpo e Sangue de Cristo, que este está realmente presente.

A Sabedoria da Igreja

Como é que a Eucaristia é memorial do sacrifício de Cristo?

A eucaristia é memorial no sentido que torna presente e atual o sacrifício que Cristo ofereceu ao Pai, uma vez por todas, na cruz, em favor da humanidade. O caráter sacrificial da Eucaristia manifesta-se nas próprias palavras da instituição: “Isto é o meu corpo, que vai ser entregue por vós” e “este cálice é a nova aliança no meu sangue, que vai ser derramado por vós” (Lc 22,19-20). O sacrifício da cruz e o sacrifício da Eucaristia são um único sacrifício. Idênticos são a vítima e Aquele que oferece, diverso é só o modo de oferecer-se: cruento na cruz, incruento na Eucaristia. [CCIC 280]

Como é que Jesus está presente na Eucaristia?

Jesus Cristo está presente na Eucaristia de um modo único e incomparável. De fato, está presente de modo verdadeiro, real, substancial: com o seu Corpo e o seu Sangue, com a sua Alma e a sua Divindade. Nela está presente em modo sacramental, isto é, sob as espécies eucarísticas do pão e do vinho, Cristo completo: Deus e homem. [CCIC 282]

Que significa transubstanciação?

Transubstanciação significa a conversão de toda a substância do pão na substância do Corpo de Cristo e de toda a substância do vinho na substância do seu Sangue. Esta conversão realiza-se na oração eucarística mediante a eficácia da palavra de Cristo e a ação do Espírito Santo. Todavia as características sensíveis do pão e do vinho, isto é, as “espécies eucarísticas”, permanecem inalteradas. [CCIC 283]

De que modo está presente Cristo quando a Eucaristia é celebrada?

Cristo está misteriosamente presente no Sacramento da Eucaristia, mas de um modo real. Sempre que a Igreja cumpre o mandamento "Fazei isto em memória de Mim!" (1Co 11,25), partindo o pão e oferecendo o cálice, sucede hoje o mesmo que então sucedera: Cristo entrega-se por nós verdadeiramente e passamos a fazer verdadeiramente parte dele. A única e irrepetível imolação de Cristo na cruz torna-se presente sobre o altar; realiza-se a obra da redenção. [Youcat 216]

Isto é o que dizem os Padres da Igreja

Você deve saber o que recebeu, o que receberá e o que deve receber diariamente. Esse pão que você vê no altar, consagrado pela Palavra de Deus, é o Corpo de Cristo. Aquele cálice, ou melhor, o que esse cálice contém, consagrado pela Palavra de Deus, é o Sangue de Cristo. Através desses acontecimentos, o Senhor quis nos confiar seu Corpo e o Sangue que Ele derramou para a remissão dos pecados. [Santo Agostinho, Sermões, nº 227 (ML 38, 1099)]

Participando do Corpo e Sangue de Cristo, você pode ser feito do mesmo corpo e do mesmo sangue com ele. Por isso, chegamos a ter Cristo em nós, porque o seu Corpo e Sangue são distribuídos através dos nossos membros. Assim, de acordo com o abençoado Pedro, nos tornamos participantes da natureza divina (2 Pe 1,4). [São Cirilo de Jerusalém, Catequese 22:3 (MG 33, 1100)]