All Tweets
Previous:
Next:
panorama van het Sint Pietersplein

2.8 O que é um núncio?

A Igreja atual

A Igreja, ou melhor, a Santa Sé, é representada por um núncio. Um núncio é a pessoa de contato entre a Igreja local, por um lado, e o papa, com o governo central da Igreja, em Roma, do outro. O núncio tem um importante papel consultivo na nomeação de novos bispos.

O núncio também serve como embaixador da Santa Sé, mantém relações diplomáticas com o chefe de Estado do país, onde foi nomeado núncio. A Igreja mantém relações diplomáticas com cerca de 180 países.

> Leia mais no livro

O Núncio é a pessoa de contato entre o papa e a Igreja num determinado país. Ele é, também, um embaixador da Santa Sé a esse país.

A Sabedoria da Igreja

Qual é o efeito da Ordenação presbiteral?

A unção do Espírito assinala o presbítero com um caráter espiritual indelével, configura-o a Cristo sacerdote e torna-o capaz de agir em nome de Cristo, a cabeça. Sendo cooperador da Ordem episcopal, ele é consagrado para pregar o Evangelho, para celebrar o culto divino, sobretudo a Eucaristia, da qual o seu ministério recebe a força, e para ser o pastor dos fiéis. [CCIC 328]

Como se celebra o sacramento da Ordem?

Para cada um dos três graus, o sacramento da Ordem é conferido pela imposição das mãos sobre a cabeça do ordinando por parte do Bispo, que pronuncia a solene oração consecratória. Com ela, o Bispo invoca de Deus, para o ordinando, a especial efusão do Espírito Santo e dos seus dons, em ordem ao ministério. [CCCC 331]

Quem pode conferir este sacramento?

Compete aos Bispos validamente ordenados, enquanto sucessores dos Apóstolos, conferir os três graus do sacramento da Ordem. [CCIC 332]

Quem pode receber este sacramento?

Só o batizado de sexo masculino o pode receber validamente: a Igreja reconhece-se vinculada a esta escolha feita pelo próprio Senhor. Ninguém pode exigir a recepção do sacramento da Ordem, antes deve ser considerado apto para o ministério pela autoridade da Igreja. [CCIC 333]

É requerido o celibato a quem recebe o sacramento da Ordem?

Para o episcopado é sempre requerido o celibato. Na Igreja latina, para o presbiterado, são normalmente escolhidos homens crentes que vivem celibatários e têm vontade de guardar o celibato “pelo reino dos céus” (Mt19,12). Nas Igrejas Orientais, não é consentido casar depois da Ordenação. O diaconado permanente pode ser conferido a homens já casados. [CCIC 334]

Quais são os graus da Ordem?

O sacramento da Ordem compreende três graus: Bispo (episcopado), presbítero (prebiterado) e diácono (diaconado). [Youcat 251]

O que acontece na ordenação episcopal?

Na ordenação episcopal é transmitida a um presbítero a plenitude do sacramento da Ordem. Ele é ordenado sucessor dos Apóstolos e entra no colégio dos bispos. Juntamente com os outros bispos e o Papa, é responsável, a partir de então, pela totalidade da Igreja. A Igreja encarrega-o especialmente dos serviços de ensino, da santificação e da direção.

O ministério do bispo é, no fundo, o ministério pastoral da Igreja, porque remonta às testemunhas de Jesus, os Apóstolos, continuando o ministério pastoral deles, que foi instituído por Cristo. Até o Papa é um bispo, embora seja o primeiro entre os bispos e o guia de seu colégio. [Youcat 252]

Em que medida é importante, para um cristão Católico, o seu bispo?

Um cristão católico assume o seu compromisso perante o seu bispo, que se encontra a seu serviço, como representante de Cristo. Para mais, o bispo, que exerce o ministério pastoral com os seus presbíteros e diáconos, como seus assistentes ordenados, é o princípio visível e o fundamento da Igreja local (chamada também diocese). [Youcat 253]

O que acontece na ordenação presbiteral?

Na ordenação presbiteral, o bispo invoca a força de Deus sobre o ordinando. Ela impregna esta pessoa com um selo indelével, para nunca mais o abandonar. Como colaborador do seu bispo, o presbítero anunciará a palavra de Deus, celebrará os sacramentos e presidirá sobretudo à Sagrada Eucaristia.

Durante a Santa Missa, a ordenação presbiteral começa com a chamada nominal dos candidatos. Após a homilia, o futuro presbítero promete obediência ao bispo e seus sucessores. A ordenação propriamente dita acontece com a imposição das mãos e a oração. [Youcat 254]

O que acontece na ordenação diaconal?

Na ordenação diaconal, o candidato é orientado para um serviço próprio dentro do sacramento da Ordem. Ele representa Cristo como aquele que não veio “para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos” (Mt 20,28). Na liturgia da ordenação diz-se: “No serviço da palavra, do altar e da caridade, o diácono está disponível para todos.”

O arquétipo do diácono é o mártir Santo Estevão. Quando os Apóstolos, na primitiva comunidade de Jerusalém, se viram sobrecarregados com muitas tarefas caritativas, encarregaram sete pessoas “para o serviço das mesas”, que viriam a ser consagrados por eles. Santo Estevão, o primeiro a ser nomeado, agia “cheio de graça e força” pela nova fé e pelos pobres da comunidade. Depois do diaconado ter se convertido, ao longo dos séculos, em um mero grau da Ordem, como passagem para o ministério presbiteral, tornou-se hoje novamente uma vocação independente para celibatários e casados. Assim, por um lado, o caráter serviçal da Igreja fica de novo acentuado; por outro, pretende-se tal como na Igreja primitiva, que haja, ao lado dos presbíteros, pessoas que assumam sobretudo tarefas eclesiais de teor sociopastoral. A ordenação diaconal também marca o ordenado irrevogavelmente para toda a vida. [Youcat 255]

Isto é o que dizem os Papas

Caros Representantes Papais, seja presença de Cristo, seja presença sacerdotal, como Pastores ... que servem a Igreja, com o papel de animar, de ser ministros de comunhão e também com a tarefa nem sempre fácil de repreender. Sempre faça tudo com amor profundo! Mesmo nas relações com as Autoridades Civis e seus Colegas, vocês são Pastores. Sempre busquem o bem, o bem de todos, o bem da Igreja e de toda pessoa. [Papa Francisco, Aos Núncios, 21 Jun. 2013]