All Tweets
Previous:
Next:
Napoleon

2.43 Quais foram as consequências da Revolução Francesa?

A resposta da Igreja

A Revolução Francesa começou em 1789 e era anti-clerical e muito violenta. Os revolucionários queriam apagar todos os traços do cristianismo e, portanto, executaram milhares de católicos e confiscaram propriedades da Igreja.

Mais tarde, Napoleão Bonaparte conquistou Roma e os Estados Pontifícios. Em 1801, o Papa Pio VII assinou um tratado com Napoleão. Isto foi seguido por um reavivamento da Igreja na França, embora a Igreja ainda fosse muito limitada em sua liberdade. Depois que Napoleão foi derrotado em 1815, a Santa Sé recuperou o controle sobre a maioria dos Estados Papais.

> Leia mais no livro

A Revolução Francesa levou à opressão da Igreja. Papas e bispos assumiram posições defensivas. A vida religiosa floresceu novamente.

Isto é o que dizem os Papas

A Revolução Francesa [foi] uma tentativa de estabelecer o domínio da razão e da liberdade como uma realidade política ... A Europa do Iluminismo ficou fascinada com esses eventos, mas depois, conforme se desenvolveram, tiveram motivos para refletir de novo sobre a razão e liberdade. [Papa Bento XVI, Spe Salvi, 19]