All Tweets
Previous:
Next:
toveren met hoge hoed

4.18 Qual é a história com os milagres, magia e o oculto?

A chamada à santidade

Às vezes, Deus faz milagres: eventos que não se ajustam às leis da natureza. Em tais casos, Deus decide intervir diretamente, embora as leis da natureza permaneçam em vigor. Milagres, portanto, não podem ser explicados cientificamente: eles são literalmente "acima da natureza", ou sobrenaturais.

Nós não sabemos exatamente porque Deus às vezes realiza milagres e porque ele frequentemente não faz. Você não pode fazer um milagre acontecer, mas você pode orar por isso. Não existe magia "branca" ou "boa". Práticas ocultistas e magia são perigosas para as pessoas e contrárias ao amor de Deus.

> Leia mais no livro

Deus pode realizar milagres para nos ajudar a crescer no nosso amor por ele. Então, quem precisa de magia? A magia, de qualquer tipo, leva-nos para longe de Deus.

A Sabedoria da Igreja

Como fortalecer a nossa confiança filial?

A confiança filial é posta à prova quando pensamos que não somos atendidos. Devemos interrogar-nos, então, se Deus é para nós um Pai do qual procuramos cumprir a vontade, ou não será antes um simples meio para obter o que queremos. Se a nossa oração se une à de Jesus, sabemos que ele nos concede muito mais do que este ou aquele dom: recebemos o Espírito Santo que transforma o nosso coração. [CCIC 575]

O que significa termos a experiência de que a oração não resulta?

A oração não procura sucessos evidentes, mas a vontade e a proximidade de Deus. Precisamente, no silêncio de Deus encontra-se um convite a dar um passo em frente - uma entrega absoluta, uma fé ilimitada, uma experiência infinita. Quem ora deve deixar Deus totalmente livre para falar quando ele quer, para realizar o que ele quer, e para se dar como Ele quer.
 

Frequentemente dizemos: orei, mas não ajudou em nada. Provavelmente não oramos com suficiente intensidade. Uma vez São João Maria Vianney, o Santo Cura d'Ars, perguntou a um colega que se queixava do seu insucesso: “Oraste... suspiraste... Mas jejuaste também? Fizeste vigília?” Pode igualmente acontecer que tenhamos pedido a Deus as coisas erradas. Certa vez disse Santa Teresa de Ávila: “Não peças fardos leves, mas umas costas fortes”. [Youcat 507]

O que significa “não terás outros deuses além de mim”?

Este mandamento proibe-nos de:

  • venerar outros deuses ou divindades falsas, adorar um ídolo terreno ou vender a alma a um bem terreno (dinheiro, influência, sucesso, beleza, juventude, etc.);
  • ser supersticioso, isto é, ao invés de crer no poder, na orientação e na benção de Deus aderir a práticas esotéricas, mágicas ou ocultas, incluindo a adivinhação e o espiritismo;
  • provocar Deus com palavras e atos;
  • cometer Sacrilégio;
  • adquirir poder sagrado de um modo corrupto e profanar o sagrado comercialmente (simonia). [Youcat 355]

Será o esoterismo compatível com a fé cristã?

Não. O esoterismo passa ao lado da realidade de Deus. Ele é um ser pessoal, é o amor e a origem da vida, não uma energia cósmica fria. O ser humano é desejado e criado por Deus; não é divino, mas uma criatura ferida pelo pecado, ameaçada pela morte e necessita de redenção. Enquanto os adeptos do esoterismo aceitam geralmente que o ser humano se pode redimir a si mesmo, os cristãos creem que só Jesus Cristo e a graça de Deus os salvam. De igual modo, nem a natureza nem o cosmos são Deus (panteísmo); antes, o Criador, que nos ama com todo amor, é infinitamente maior e distinto de tudo o que ele criou.

Hoje, muitos praticam ioga por motivo de saúde, participam em cursos de meditação para adquirirem tranquilidade e concentração, ou em workshop de dança para fazerem uma nova experiência corporal. Nem sempre, porém, estas técnicas são inofensivas. Por vezes, são veículos para uma doutrina estranha ao Cristianismo, o esoterismo. Nenhuma pessoa racional deveria concordar com esta mundivisão irracional, em que formigam espíritos, doendes e anjos (esotéricos), em que se crê em magia e os "iniciados" têm um conhecimento misterioso ocultado ao "povo estúpido". Já no antigo Israel se alertava para o perigo da crença em deuses e espíritos, proveniente dos povos circunvizinhos. Só Deus é o Senhor; não existe outro Deus além dele. Também não existe uma técnica (mágica) para encantar o (divino), impor os próprios desejos ao universo ou atingir a redenção. Muitas coisas do esoterismo são, na perspectiva cristã, superstição ou ocultismo. [Youcat 356]

Isto é o que dizem os Papas

No convento de São Damião, Clara praticou de maneira heróica as virtudes que deveriam distinguir cada cristão: a humildade, o espírito de piedade e de penitência, a caridade… A sua fé na presença real da Eucaristia era tão grande que, por duas vezes, se verificou um acontecimento milagroso. Só com a ostensão do Santíssimo Sacramento, ela afugentou os soldados mercenários sarracenos, que estavam prestes a invadir o convento de São Damião e a devastar a cidade de Assis… são os Santos que mudam o mundo para melhor, que o transformam de forma duradoura, infundindo as energias que unicamente o amor inspirado pelo Evangelho pode suscitar. Os Santos são os grandes benfeitores da humanidade! [Papa Bento XVI, Audiência Geral, 15 Set. 2010]