All Tweets
Previous:
Next:

1.17 Como e quando surgiu o Novo Testamento?

A Bíblia: verdadeira ou falsa?

Os relatos envolvendo Jesus foram divulgadas primeiramente de boca em boca. Eles foram escritos entre 20 e 70 anos após sua morte. Entre os primeiros escritos estão as cartas do Apóstolo Paulo para várias comunidades cristãs primitivas. O Novo Testamento é feito de 27 livros e cartas no total.

A fim de determinar quais escritos foram inspirados pelo Espírito Santo, a Igreja examinou uma série de aspectos, incluindo a origem dos autores e a extensão em que os textos correspondiam com todo o ensinamento de Jesus.

> Leia mais no livro

S. Paulo escreveu as suas epístolas em cerca 50 d.C. Logo depois, outros autores escreveram os restantes 27 livros do Novo Testamento.

A Sabedoria da Igreja

What is the Canon of Scripture?

O Cânone das Escrituras é a lista completa dos escritos sagrados, que a Tradição Apostólica levou a Igreja a discernir. O Cânone compreende 46 escritos do Antigo Testamento e 27 do Novo. [CCIC 20]

Como se lê a Bíblia corretamente?

A Sagrada Escritura lê-se corretamente se for lida em atitude orante, ou seja, com a ajuda do Espírito Santo, sob cujo influxo ela surgiu. Ela contém a palavra de Deus, isto é, a decisiva mensagem de Deus para nós.

A Bíblia é como uma longa carta de Deus dirigida a cada um de nós. Por isso, temos de acolher as Sagradas Escrituras com grande amor e respeito. Primeiro, devemos realmente ler a carta de Deus, isto é, não isolar pormenores sem atender ao todo. Depois, devemos orientar esse todo para o seu coração e mistério, ou seja, para Jesus Cristo, de quem fala toda a Bíblia, mesmo o Antigo Testamento. Portanto, devemos ler as Sagradas Escrituras na mesma fé viva da Igreja em que elas surgiram. [Youcat 16]

Que significado tem o Novo Testamento para os Cristãos?

No Novo Testamento consuma-se a revelação de Deus. Os quatro evangelhos - segundo São Mateus, São Marcos, São Lucas e São João - são o coração da Sagrada Escritura e o mais precioso tesouro da Igreja. Neles mostra-se o Filho de Deus como ele é e como vem ao nosso encontro. Nos Atos dos Apóstolos conhecemos os primórdios da Igreja e a ação do Espírito Santo. Nas cartas apostólicas a vida do ser humano é iluminada, em todas as suas dimensões, pela luz de Cristo. No Apocalipse de São João antevemos o fim dos tempos.

Jesus é tudo o que Deus nos queria dizer. Todo o Antigo Testamento prepara a encarnação do Filho de Deus. Todas as promessas de Deus encontra em Jesus  o seu cumprimento. Ser Cristão significa unir-se cada vez mais profundamente à vida de Cristo. Para isso é necessário ler e viver os Evangelhos. Madeleine Delbrêl diz, “Através da sua Palavra, Deus diz-nos quem Ele é e o que quer; Ele di-lo definitivamente e para cada dia. Quando temos o nosso Evangelho na mão, devemos considerar que aí habita a Palavra que se tornou carne para nós e nos quer atingir para recomeçarmos a sua vida num novo lugar, num novo tempo, num novo ambiente humano.” [Youcat 18]

How is Sacred Scripture to be read?

A Sagrada Escritura deve ser lida e interpretada com a ajuda do Espírito Santo e sob a orientação do Magistério da Igreja segundo três critérios:

  1. atenção ao conteúdo e à unidade de toda a Escritura;
  2. leitura da Escritura na Tradição viva da Igreja;
  3. respeito pela analogia da fé, isto é, da coesão entre si das verdades da fé. 

[CCCC 19]

Isto é o que dizem os Papas

[São Jerônimo, que traduziu a Bíblia em Latim,] mostra que a imunidade da Escritura do erro ou decepção está necessariamente ligada à sua inspiração Divina e autoridade suprema… Assim, quando, a exemplo do Papa Dâmaso, ele começou a corrigir o texto latino do Novo Testamento, e [foi atacado por isso]… Jerônimo respondeu brevemente que ele não era tão estúpido nem tão grosseiramente ignorante a ponto de imaginar que as palavras do Senhor precisavam de alguma correção ou não eram divinamente inspiradas. [Papa Bento, Spiritus Paraclitus, nº 13]