All Tweets
Previous:
Next:

3.8 Como posso rezar a partir de um texto da Bíblia?

Formas de oração

A Bíblia contém a Palavra que Deus quer lhe dizer. Orar com um texto das Escrituras é algo que se torna mais fácil através da prática frequente. Você não apenas crescerá na fé orando com textos que façam você se sentir bem ou com os quais você possa se relacionar facilmente, mas também orando com textos que você pode achar difícil de entender.

Frequentemente, usar textos do Novo Testamento em suas orações é uma coisa boa, pois ajuda você a crescer em seu relacionamento com Jesus. Tente entrar na história, imagine o que aconteceu e conheça melhor Jesus se envolvendo com os textos.

> Leia mais no livro

Dá tempo, lê um versículo da Bíblia, e deixa o texto falar contigo. Em seguida, diz a Jesus tudo o que te vem à mente.

A Sabedoria da Igreja

Quais as fontes da oração cristã?

São: a Palavra de Deus, que nos dá a “sublime ciência de Cristo” (Fp 3,8); a Liturgia da Igreja que anuncia, atualiza e comunica o mistério da salvação; as virtudes teologais; as situações quotidianas, porque nelas podemos encontrar Deus. [CCIC 558]

Pode-se aprender a orar com a Bíblia?

A Bíblia é como uma fonte para a oração. Orar com a palavra de Deus significa utilizar as palavras e os acontecimentos bíblicos na própria oração. “Desconhecer a Escritura é desconhecer Cristo” (St. Jerome).

A Sagrada Escritura, especialmente os salmos e o Novo Testamento, são um tesouro valioso. Lá se encontram as orações mais belas e fortes do mundo judaico-cristão. Orar com elas liga-nos a milhões de pessoas orantes de todos os tempos e de todas as culturas, mas sobretudo ao próprio Cristo, que está presente em todas essas orações. [Youcat 491]

Isto é o que dizem os Papas

A oração deve acompanhar a leitura da Sagrada Escritura ... Como diz Santo Agostinho: “Tua oração é a palavra que você fala para Deus. Quando lês a Bíblia, Deus fala com você; quando você reza, você fala com Deus ”. Orígenes, um dos grandes mestres nesta leitura da Bíblia, sustenta que o entendimento das Escrituras exige, mais do que estudo, proximidade a Cristo e oração. [Ele] deu este conselho: “Dedique-se à lectio das divinas Escrituras; aplique-se a isso com perseverança. Faça a sua leitura com a intenção de acreditar e agradar a Deus. [Papa Bento XVI, Verbum Domini, nº 86]