All Tweets
Previous:
Next:
kadootje

4.12 O que é a graça?

A chamada à santidade

A graça é um presente de Jesus para nós, um dom que nos traz vida (Jo 1,17)Jo 1,17: Pois a Lei foi dada por Moisés, a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.. Por sua graça, Deus nos ajuda a acreditar, a entrar em amizade com Deus e a viver como cristãos.

A graça muda nossa atitude para com o mundo: muitas coisas que muitas vezes parecem tão importantes (dinheiro, posses, poder, sua carreira) são subitamente muito menos importantes. E outras coisas se tornam mais importantes, como amar a Deus e ao próximo.

> Leia mais no livro

A graça é um dom de Deus que nos ajuda a viver como bons cristãos. Sem a graça, não podemos acreditar, não nos podemos converter, não podemos fazer o bem.

A Sabedoria da Igreja

O que é a graça?

Por graça entende-se a dedicação livre e amorosa de Deus a nós, a sua bondade em ajudar-nos, a força vital que dele vem. Pela cruz e pela ressurreição, Deus dedica-se totalmente a nós, comunicando-se a nós na graça. A graça é tudo o que Deus nos concede, sem que minimamente o mereçamos.

A "graça", diz o Papa Bento XVI,  "consiste em ser olhado por Deus, ser tocado pelo seu amor". A graça não é uma coisa mas, a autocomunicação de Deus ao ser humano. Deus nunca dá menos que a Si mesmo. Na graça, estamos em Deus. [Youcat 338]

O que é a graça que justifica?

A graça é o dom gratuito que Deus nos dá para nos tornar participantes da sua vida trinitária e capaz de agir por amor dele. É chamada graça habitual ou santificante ou deificante, pois nos santifica e diviniza. É sobrenatural, porque depende inteiramente da iniciativa gratuita de Deus e ultrapassa as capacidades da inteligência e das forças do homem. Escapa, portanto, à nossa experiência. [CCIC 423]

Que outros tipos de graça existem?

Para além da graça habitual, existem: as graças atuais (dons circunstanciais); as graças sacramentais (dons próprios de cada sacramento); as graças especiais ou carismas (que têm como fim o bem comum da Igreja), entre as quais as graças de estado, que acompanham o exercício dos ministérios eclesiais e das responsabilidades da vida. [CCIC 424]

O que fez a graça de Deus em nós?

A graça de Deus insere-nos na Vida interior do Deus trino, na permuta do amor entre o Pai, o Filho e Espírito Santo. Capacita-nos para viver no amor de Deus e atuar a partir desse amor.
 

A graça desce do alto sobre nós e não se pode explicar a partir de causas intramundanas (graça sobrenatural). Sobretudo no Batismo, ela faz de nós filhos de Deus e herdeiros do Céu (a graça santificante ou divinizante). A graça desce do alto sobre nós e não se pode explicar a partir de causas intramundanas (graça sobrenatural). Sobretudo no Batismo, ela faz de nós filhos de Deus e herdeiros do Céu (a graça santificante ou divinizante). A graça revela-se também em dons especiais concedidos a alguns cristãos (carismas) ou em forças especiais prometidas ao estado do Matrimônio, da Ordem e da vida consagrada (graça de estado). [Youcat 339]

Isto é o que dizem os Padres da Igreja

Nós oramos e pedimos que a vontade de Deus seja feita em nós. Para que isso possa ser feito em nós, há necessidade da vontade de Deus, isto é, de sua ajuda e proteção, porque ninguém é forte em sua própria força, mas está a salvo pela condescendência e misericórdia de Deus. [São Cipriano, Oração do Senhor, Cap. 14 (ML 4, 528)]