All Tweets
Previous:
Next:
missaal

2.41 O que foi o Concílio de Trento?

A resposta da Igreja

O Concílio de Trento foi um evento importante na resposta católica à Reforma (a Contra-Reforma). Este Concílio da Igreja foi convocado pelo Papa Paulo III em 1545. As decisões conjuntas tomadas pelos bispos e pelo papa durante o Concílio foram muito importantes para a Igreja.

O Concílio enfatizou a essência da fé, fornecendo uma explicação mais detalhada dos sete sacramentos e uma definição mais clara da estrutura da Igreja. Bispos e sacerdotes foram chamados a ordenar onde necessário. Por muitos séculos, os documentos do Concílio de Trento definiram o curso da Igreja.

> Leia mais no livro

O Concílio de Trento queria dar uma resposta à Reforma; aprofundou a compreensão da Fé e reformou as práticas da Igreja.

Isto é o que dizem os Papas

No século da Reforma, a Igreja Católica parecia quase ter chegado ao fim. Esta nova corrente que declarou: "Agora a Igreja de Roma terminou", parecia triunfar. E vemos que com os grandes santos, como Inácio de Loyola, Teresa de Ávila, Carlos Borromeu e outros, a Igreja ressuscitou. No Concílio de Trento, ela encontrou uma nova atualização e a revitalização de sua doutrina. E ela viveu novamente com grande vitalidade. Vejamos a era do Iluminismo, quando Voltaire disse: "Finalmente esta antiga Igreja está morta, a humanidade está viva!". E em vez disso, o que acontece? A Igreja é renovada. [Papa Bento XVI, Encontro com os Sacerdotes da Diocese de Albano, 31 Ago 2006]