All Tweets
Previous:
Next:

3.45 Como está organizada a Santa Missa?

A Eucaristia
Jesus fala-nos através das Escrituras, a sua Palavra, e oferece-se a nós na Eucaristia. Estamos, então, a ser enviados a levar Jesus para o mundo.

A Sabedoria da Igreja

Que elementos pertencem necessariamente à Santa Missa?

Cada Santa Missa desenvolve-se em duas partes principais: a celebração da Palavra e a celebração eucarística em sentido estrito.

Na celebração da Palavra, escutamos as leituras do Antigo e do Novo Testamento, incluindo o Evangelho; além disso, há lugar para o anúncio e a oração universal de intercessão. Na parte que vem a seguir, apresentam-se o Pão e o Vinho, que são consagrados e oferecidos aos crentes em comunhão. [Youcat 213]

Como é organizada a Santa Missa?

A Santa Missa começa com a reunião dos crentes e com a entrada do sacerdote e dos ministros do altar (acólitos, leitores, etc.). Após a saudação, faz-se a confissão geral (ato penitencial), que culmina no Kyrie. Nos domingos (exceto no Advento e na Quaresma) e nas festas canta-se ou diz-se o glória. A oração coleta introduz uma ou duas leituras do Antigo e/ou do Novo Testamento. Antes do Evangelho, tem lugar a sua aclamação (aleluia). Depois de anunciar o Evangelho, o sacerdote ou o diácono faz uma reflexão (homilia), especialmente nos domingos e nos dias solenes. Igualmente nestes dias, a comunidade faz a sua profissão de fé comum mediante o credo, a que se seguem as orações de interseção (oração universal). A segunda parte da Santa Missa começa com a preparação dos dons (oferendas), que é rematada com a oração sobre as oferendas. O zênite da celebração é a Oração Eucarística, introduzida pelo prefácio e pelo santo. Então, os dons do pão e do vinho são convertidos no corpo de no sangue de Cristo. A Oração Eucarística desemboca na doxologia, que faz a ponte para a Oração do Senhor (Pai Nosso). Segue-se a oração pela paz, e o Agnus Dei, a fração do pão e a oferta dos dons sagrados aos crentes, o que em regra acontece apenas com o corpo de Cristo. A Santa Missa termina com um tempo de silêncio orante, uma ação de graça, uma oração pós-comunhão e a Bênção pelo sacerdote.


→ KYRIE:

 

S Senhor, tende piedade de nós!

P Senhor, tende piedade de nós!

S Cristo, tende piedade de nós!

P Cristo, tende piedade de nós!

S Senhor, tende piedade de nós!

P Senhor, tende piedade de nós!

 

S Kyrie eleison!     P Kyrie eleison!

S Christe eleison!  P Christe eleison!

S Kyrie eleison!     P Kyrie eleison!"


→ Glória:
Glória a Deus nas alturas

e paz na terra

aos homens por Ele amados.

Senhor Deus,

Rei dos céus,

Deus-Pai todo-poderoso:

nós Vos louvamos,

nós Vos bendizemos,

nós Vos adoramos,

nós Vos glorificamos,

nós Vos damos graças

por Vossa imensa glória.

 

Senhor Jesus Cristo,

Filho Unigênito.

Senhor Deus,

Cordeiro de Deus,

Filho de Deus-Pai;

Vós que tirais o pecado do mundo,

tende piedade de nós!

Vós que tirais o pecado do mundo

acolhei a nossa súplica!

Vós que estais à direita do Pai,

tende piedade de nós!

Só Vós sois o santo;

só Vós, o Senhor;

só Vós, o Altíssimo,

Jesus Cristo, com o Espírito Santo,

na glória de Deus Pai. Amén.


Gloria in excelsis Deo
et in terra pax hominibus bonae voluntatis.
Laudamus te, benedicimus te,
adoramus te, glorificamus te,
gratias agimus tibi propter magnam gloriam tuam,
Domine Deus, Rex caelestis,
Deus Pater omnipotens,
Domine Fili unigenite, Iesu Christe,
Domine Deus, Agnus Dei,
Filius Patris,
qui tollis peccata mundi, miserere nobis;
qui tollis peccata mundi,
suscipe deprecationem nostram.
Qui sedes ad dexteram Patris, miserere nobis.
Quoniam tu solus Sanctus,
tu solus Dominus,
tu solus Altissimus, Iesu Christe,
cum Sancto Spiritu:
in gloria Dei Patris. Amen.

→ Santo:
Santo, Santo, Santo,

Senhor Deus do universo.

O céu e a terra proclamam a vossa glória.

Hosana nas alturas!

Bendito o que vem em nome do Senhor!

Hosana nas alturas!


Sanctus, Sanctus, Sanctus Dominus Deus Sabaoth.
Pleni sunt caeli et terra gloria tua.
Hosanna in excelsis.
Benedictus qui venit in nomine Domini.
Hosanna in excelsis.

→ Agnus Dei:
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo,

tende piedade de nós!

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo,

tende piedade de nós!

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo,

dai-nos a paz!

Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, miserere nobis.
Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, miserere nobis.
Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, dona nobis pacem.

[Youcat 214]

Quem dirige a celebração eucarística?

Quem atua numa celebração eucarística é o próprio Cristo. Representam-no o bispo ou o  presbítero (ambos sacerdotes).

A Igreja crê que o celebrante está no altar in persona Christi capitis (lat. = na pessoa de Cristo cabeça). Isto significa que os sacerdotes não apenas agem no lugar ou por missão de Cristo, mas que, por força da sua consagração, é Cristo que, como cabeça da Igreja, atua através deles. [Youcat 215]

Isto é o que dizem os Padres da Igreja

No Dia do Senhor, depois de terem se unido, parta o pão e ofereça a Eucaristia, tendo primeiro confessado as suas ofensas, para que o seu sacrifício seja puro. [O Didaquê, Cap. 14:1 (F1, 32)]