All Tweets
Previous:
Next:

3.23 De onde surgiram os diferentes tipos de arquitetura para as igrejas?

Dentro da igreja

O edifício da igreja é um local onde a comunidade cristã pode se reunir para orar e celebrar a liturgia. Os primeiros cristãos foram à sinagoga, a casa de oração dos judeus, para ler as Escrituras (mais tarde chamadas de Bíblia) e orar. Depois, eles celebrariam a Eucaristia na casa de alguém (Atos 2:46)Atos 2,46 Unidos de coração, frequentavam todos os dias o templo. Partiam o pão nas casas e tomavam a comida com alegria e singeleza de coração..

Logo estas igrejas domésticas foram especificamente reservadas para a celebração da Eucaristia e os cristãos não iam mais à sinagoga. Embora a arquitetura tenha mudado ao longo dos séculos, a disposição geral do edifício da igreja permaneceu a mesma.

> Leia mais no livro

Apesar da arquitetura da igreja ter mudado ao longo do tempo, a forma básica de uma igreja permaneceu a mesma.

A Sabedoria da Igreja

A Igreja tem necessidade de lugares para celebrar a liturgia?

O culto “em espírito e verdade” (Jo 4,24) da Nova Aliança não está ligado a nenhum lugar exclusivo, porque Cristo é o verdadeiro templo de Deus, por meio do qual também os cristãos e toda a Igreja se tornam, sob a ação do Espírito Santo, templos do Deus vivo. Todavia o Povo de Deus, na sua condição terrena, tem necessidade de lugares nos quais a comunidade se possa reunir para celebrar a liturgia. [CCIC 244]

O que são os edifícios sagrados?

São as casas de Deus, símbolo da Igreja que vive num lugar e também da morada celeste. São lugares de oração, nos quais a Igreja celebra sobretudo a Eucaristia e adora Cristo realmente presente no tabernáculo. [CCIC 245]

O que significa “Casa de Deus”?

A Casa de Deus é tanto um símbolo de uma comunhão eclesial de pessoas num lugar concreto, como a habitação celeste que Deus preparou para todos nós. Encontramo-nos numa Casa de Deus cristã para orarmos, em comunhão ou sós, e para celebrar os Sacramentos, sobretudo a Sagrada Eucaristia.

“Aqui cheira a Céu.” – “Aqui ficamos totalmente em silêncio e veneração.” Algumas igrejas cercam-nos verdadeiramente com uma densa atmosfera de oração. Sentimos que Deus está aí presente. A beleza das igrejas remete-nos para a beleza, a grandeza e o amor de Deus. As igrejas não são apenas mensageiras da fé feitas de pedra, mas Casas de Deus, o qual está real e verdadeiramente presente no Sacramento do Altar. [Youcat 190]

Isto é o que dizem os Papas

O edifício da igreja existe para que a Palavra de Deus possa ser ouvida, explicada e compreendida no meio de nós; existe, para que a Palavra de Deus possa agir entre nós como uma força que cria a justiça e o amor. De modo particular, existe para que aí possa começar a festa na qual Deus quer que toda a humanidade participe, não somente no fim dos tempos, mas desde já. Ele existe para que seja despertado em nós o conhecimento da justiça e do bem, e não há outra fonte para descobrir e dar força a este conhecimento da justiça e do bem, a não ser a Palavra de Deus. Existe ainda para que possamos aprender a viver a alegria do Senhor, que é a nossa força. [Papa Bento XVI XVI, Homilia, 10 Dez. 2006]